• Compartilhe

Hoje (27) tem eclipse total da superlua

A distância entre a Lua e a Terra não é sempre igual, porque a órbita de nosso satélite não é circular, e sim elíptica. Se tomarmos o período de 5.000 anos compreendido entre 1999 a.C. e o ano 3000, a distância do perigeu lunar (menor distância entre a Terra e a Lua) varia entre 356.355 e 370.399 quilômetros, ao passo que o apogeu lunar (maior distância Terra-Lua) varia entre 404.042 e 406.725 quilômetros (dados do livro Five Millennium Catalog of Solar Eclipse, Espenak e Meeus, 2009).

Por definição, a superlua acontece quando a lua cheia ocorre perto do perigeu lunar (normalmente a menos de dois dias). Embora de fato a atração gravitacional lunar seja maior durante as superluas, o único efeito sobre nosso planeta é a maior agitação das marés. O aumento gravitacional continua sendo fraco demais para causar perturbações geológicas (terremotos, tsunamis…).

Eclipse lunar 2015

Se fizermos os cálculos, veremos que não é raro que a lua cheia aconteça perto do perigeu. Na verdade, costumam acontecer três a cinco superluas por ano, das 12 ou 13 possíveis (ver o quadro em astropixels.com). Ao longo de 2014 tivemos cinco superluas, mesmo número de 2015, ao passo que em 2016 só teremos quatro. A maior superlua do século XXI terá lugar em 6 de dezembro de 2052, quando a Lua estará a apenas 356.429 quilômetros da Terra.

PerigeeApogeeCompare-1v

Quando e como ver o eclipse

  • O eclipse de lua poderá ser visto em todo o Brasil. Também poderá ser visto em todo o continente americano e na Europa.
  • O eclipse total ocorrerá entre 23h11 e 0h23, na noite de 27 para 28 de setembro (horário de Brasília).
  • O fenômeno começa às 21h11 e termina às 2h22 (horário de Brasília).
  • O eclipse coincidirá com a maior lua cheia de 2015.
  • Este eclipse de superlua é um fenômeno raro. Ocorreu pela última vez em 1982, e o próximo será em 2033.

(fonte)

luassangueeclipsenasa03
Lua de sangue não é nada além da Lua durante o eclipse, quando pode assumir uma coloração avermelhada no ponto máximo do fenômeno

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • Comente no Facebook

  • Receba nossas atualizações por email

    Enter your email address:

    Delivered by FeedBurner